O Peck Advogados, escritório pioneiro na prática do Direito Digital, promoveu um evento de jogos eletrônicos para os advogados e colaboradores da firma, com o objetivo de oferecer a experiência de competição no mundo dos e-Sports (esportes eletrônicos) e aproximar os participantes. A Peck eSports Cup, será realizada em agosto, mas contou em junho com uma rodada de amistosos nas modalidades de FIFA 22 (PS5), Mario Kart (Nintendo Switch), Just Dance (Nintendo Switch) e River Raid, o clássico do Atari.

Segundo a sócia fundadora e CEO, Patrícia Peck, a própria equipe trouxe a sugestão de realizar um campeonato de e-Sports no escritório, e a iniciativa foi abraçada imediatamente pelos sócios e diretoria executiva, tanto pela atualidade do tema, como também por ter um grande significado para a cultura da empresa. Segundo Patricia, reforçando a ideia de que os jogos não são mais vistos somente como um passatempo, mas como competição e um emprego como qualquer outro, o evento é um exemplo de como é possível explorar a “gameficação” no ambiente corporativo.

“Conseguimos unir uma atividade lúdica e que estimula o espírito de equipe, mas também traz desafios. A maioria sai engajado em querer treinar mais, aumentar suas habilidades”, Peck ressalta.
Para Vanessa Oliveira, advogada especialista em Direito Digital e idealizadora do projeto, estimular a comunicação da equipe favoreceu bastante a sinergia no time. O projeto é uma excelente oportunidade para os colaboradores interagirem em um clima divertido e saudável de competição. Entusiasta de video games, a advogada pontua que a ideia de realizar o evento veio de seu próprio interesse por jogos, e que sempre participa de disputas on-line.

“Como tivemos esse longo período de pandemia, deixamos de nos encontrar e não tivemos nenhuma atividade de integração. Pensei que seria interessante para estimular o entrosamento da equipe, já que muitos colegas também jogam e se animaram com a ideia de um campeonato”, Vanessa comenta.
Refletindo as grandes transformações no mercado jurídico, o evento começou de maneira informal, por meio de conversas no ambiente de trabalho, de acordo com Bruno Oliveira, advogado especialista em Direito Digital e também idealizador da copa. Segundo o profissional, a iniciativa foi extremamente positiva, principalmente, por acontecer em um momento de reencontros pós-pandemia. Bruno complementa que “as competições ajudaram a equipe a se familiarizar com os novos colaboradores e a aumentar a proximidade entre participantes”.

“Quando comentamos com a Peck e com os gestores, todos abraçaram a ideia de cara e, assim, a proposta foi ganhando força, o que facilitou a movimentação para concretizar o campeonato”, reforça Bruno.

Premiações

Contando com premiações e troféus personalizados para os ganhadores de cada modalidade, as preliminares tiveram como primeiros colocados Antonio Alves de Oliveira Neto (FIFA), Victor Cyreno Pereira de Melo (Just Dance), Bruno Oliveira (Mario Kart), além da própria sócia fundadora Patricia Peck (River Raid). A intenção do escritório é que as próximas edições tenha também a participação de clientes.

 

Fonte: Análise Editorial

Write A Comment